segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Dona Neusa


(arquivo pessoal - montagem em "paint/windows")

(Clique na imagem para ampliar)

Minha sogra gostava muito de trovas... de sogra! Ria solto quando eu lhe "contava" as trovas de Elton Carvalho, Pedro Ornellas, as minhas... Dava sugestões e contava piadas, mas ressalvava, às vezes: "essa não sou eu!". A "véia" é, hoje, a maior saudade que trago na vida. Fiz para ela a trova que ilustra a imagem, antes até de sua partida, porque a sua expressão, nessa foto, me conforta e traduz um sentimento todo dela. Hoje, olhando a foto, e lembrando do momento, consigo senti-la mais presente.

2 comentários:

Leila R. F. Silva disse...

Adoro essa foto, adoro o registro daquele instante, adoro o sorriso dela. Seus olhos ficavam esverdeados quando estava feliz. A saudade não tem tamanho, mas sinto um alívio em pensar em tudo de bom que ela realizou e que era feliz com o pouco que tinha. Um coração enorme! Neusa... sempre lutadora, sempre a que resolvia tudo. A trova, lindíssima, de uma sensibilidade que só o Sérgio possui.

Renato Lacerda disse...

Trova linda.