sábado, 24 de outubro de 2009

Domingo no Parque 9

(FÓSSIL - Granito e escapamento de automóvel - Sônia Von Brusky - 2000 - Acervo da Pinacoteca do Estado - foto by Leila Rodrigues)


Fóssil (ou pequenas histórias para não dormir!)


Naquele tempo,

quando os homens habitavam a terra,

havia enormes povoados,

chamados cidades.

E as cidades cresceram:

as habitações foram ficando cada vez

maispróximasumasdasoutras

até que começaram a elevar-se...

e surgiram os prédios!

E como não havia mais espaços,

tudo ficou distante, tudo!


eparaencurtarasdistâncias


os homens inventaram os carros

que, para funcionarem, usavam combustíveis;

que, queimados, produziam a fumaça

que saía dos escapamentos,

poluindo o mundo, a tal ponto,

que tudo morreu...


exceto os granitos e os escapamentos!


Sérgio Ferreira da Silva

Um comentário:

Graça disse...

Sérgio,muito boa tarde!
Tenho lido seus posts mais antigos, segui todos os seus 'domingos no parque'... até aqui.
Porém, não tenho conseguido comentar, e isso não somente no seu blog, mas em vários outros.
Vou tentar agora, estou desconfiada que é com a net...
Seus poemas e suas trovas são excelentes!
Fiz outra viagem por aqui hoje e conheci um pouco mais desse artista que você é.
Abraços.